Assembleia Geral da FEI discute mudanças nos regulamentos

A Assembleia Geral da Federação Equestre Internacional (FEI) discutirá possíveis mudanças a serem aplicadas no adestramento, como a incorporação do júri sem papel. No site da entidade, é possível ler os documentos com as propostas que serão submetidas a votos. A Assembleia Geral da FEI atua como uma plataforma para discussões e votação das principais decisões da entidade e da governança do esporte. A cada ano, ela é realizada em um local diferente a cada ano. Em 2019, ela ocorre de 16 a 19 de novembro, em Moscou, na Rússia.


Apoie_AB_PayPalApoie o jornalismo profissional
Desde o lançamento, Adestramento Brasil leva informação confiável e relevante, ajudando aos leitores a compreender a modalidade. Não fechamos o conteúdo para assinantes. Por isto, contamos com a colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.
Prefere anunciar? Confira o mídia kit e fique por dentro das opções para divulgar a sua marca: escreva para contato@adestramentobrasil.com


No adestramento, as principais propostas do comitê da modalidade (leia aqui) são modificações no arreamento e a adoção de julgamento sem papel. O documento também inclui as propostas enviadas pelos diferentes países. Holanda, Nova Zelândia, Reino Unido, Estados Unidos, Alemanha e Austrália foram países que enviaram propostas. A Austrália, por exemplo, sugeriu revisão na suspensão das notas de grau de conjunto. O Brasil teceu comentários acerca de propostas enviadas, como a presença de sangue para eliminar o conjunto e o tamanho das esporas para categoria children. 

O regulamento de adestramento da FEI também é revisado. O documento com as atualizações e mudanças das regras aponta, entre outros itens, mudança na eliminação por sangue.

Todos os documentos, quando aprovados, são publicados pela FEI. As reuniões abertas da Assembleia Geral normalmente são transmitidas em tempo real pela entidade.

Na ocasião também será anunciada como ficará a alocação dos Jogos Equestres Mundiais. Dez países enviaram propostas formais para sediar os Campeonatos Mundiais da FEI de 2022, incluindo duas propostas para sediar os Jogos Equestres Mundiais (WEG, na siga em inglês), que reúnem todas as modalidades em um único grande evento. Todas as ofertas foram avaliadas e o anúncio será feito na reunião de diretoria durante a Assembleia Geral da FEI em Moscou.

A Assembléia Geral governa a direção geral, o desenvolvimento e o gerenciamento das disciplinas da FEI em todo o mundo. Nela também são realizadas as eleições e tomadas as decisões, por voto, sobre mudanças nos Estatutos da FEI, estratégias de longo prazo, orçamentos e assuntos equestres importantes. Confira a página da FEI sobre suas assembleias. 

No ano passado, a assembleia, realizada em Manama, capital de Barém, de 16 a 20 de novembro, aprovou modificações nas regras de adestramento, fazendo alterações no regulamento, principalmente no artigo referente ao arreamento. Além disto, o grupo de trabalho de julgamento de adestramento (DJWG, na sigla em inglês para dressage judging working group) fez 19 recomendações para melhorar o sistema.

Leia as matérias de Adestramento Brasil sobre as Assembleias Gerais da FEI de 2017 e 2018

Uma resposta para “Assembleia Geral da FEI discute mudanças nos regulamentos”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.