Rodolpho Riskalla ganha, novamente, Prêmio Paralímpicos

Após conquistar, no ano passado, medalha de prata inédita para o Brasil no hipismo nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, Rodolpho Riskalla ganhou, pela terceira vez o Prêmio Paralímpicos 2021. Trata-se da maior premiação do paradesporto nacional. Organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) desde 2011, a 10ª edição do evento homenageou os vencedores individuais de 24 modalidades.

https://www.paypal.com/donate/?hosted_button_id=J56ZYZZLKPPV4&source=url

Ao Adestramento Brasil, Riskalla destacou que está muito feliz em ganhar pelo terceiro ano. Ele foi condecorado nas edições de 2018, 2019 e agora em 2021.

“É superbacana o prêmio. São premiados os melhores de cada disciplina e é legal, porque vc encontra os atletas dos outros esportes”, disse. “O Prêmio Paralímpicos 2021 representa todo o trabalho que tivemos durante todo um ano; e esse final de resultado é uma coisa importante para qualquer atleta”, completou.

O Prêmio Paralímpicos reconheceu os feitos dos atletas que se destacaram nas competições ao longo de 2021. A eleição dos 24 vencedores foi feita por uma comissão interna do CPB, a partir de uma lista enviada pelas confederações responsáveis por cada uma das modalidades representadas na premiação. Vale destacar que atletismo, halterofilismo, natação e tiro esportivo são modalidades gerenciadas pelo próprio CPB.

Os vencedores foram: Yeltsin Jacques (atletismo), Vitor Tavares (badminton), Perla Santos (basquete em cadeira de rodas), Maciel Santos (bocha), Fernando Rufino (canoagem), Lauro Chaman (ciclismo), Jovane Guissone (esgrima em cadeira de rodas), Aline Rocha (esportes de inverno), Raimundo Nonato (futebol de cegos), José Mario Lima (futebol de PC – paralisados cerebrais), Leomon Moreno (goalball), Mariana D’Andrea (halterofilismo), Rodolpho Riskalla (hipismo), Alana Maldonado (judô), Carol Santiago (natação), Renê Campos (remo), Gabriel Feitosa (rúgbi em cadeira de rodas), Nathan Torquato (taekwondo), Bruna Alexandre (tênis de mesa), Ymanitu Silva (tênis em cadeira de rodas), Hélcio Perillo (tiro com arco), Alexandre Galgani (tiro esportivo), Jéssica Messali (triatlo) e Edwarda Oliveira (vôlei sentado).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.