Cathrine Dufour vence GP e Dinamarca conquista ouro inédito em Mundial

Cathrine Laudrup-Dufour era favorita quando entrou em pista com Vamos Amigos no estádio Stutteri Ask, no Campeonato Mundial de Adestramento, em Herning. Em seu país natal, a dinamarquesa não poderia ter saído mais feliz depois de se apresentar na reprise de grande prêmio: ela ganhou o GP e contribuiu para seu país ganhar pela primeira vez a competição por equipes no Mundial. A disputa por equipes foi acirrada, com a Dinamarca vencendo com 235,451%, um pouco mais de um ponto porcentual à frente do Reino Unido (234,223%).

Adestramento Brasil já tem 5 anos! Gosta do jornalismo do site?
Ele só existe, porque pessoas como você apoiam ou anunciam.
Seja um anunciante ou contribua no valor que quiser via PayPal (cartão de crédito) ou Pix (contato@adestramentobrasil.com).

O ouro estava na mira dos dinamarqueses desde quando os campeonatos foram atribuídos ao seu país há três anos. Os 81,864% de Cathrine Laudrup-Dufour, certamente, contribuíram para seu país natal levar o ouro por equipes, mas nada seria possível sozinha. Os 76,863% de Carina Cassøe Krüth com Heiline’s Danciera e os 76,724% de Nanna Merrald Rasmussen com Blue Hors Zack foram essenciais — os 76,584% de Daniel Bachmann Andersen com Marshall-Bell acabaram descartados.

De fato, a Dinamarca sempre foi cotada levar o ouro, mas a disputa foi acirrada com os britânicos, Richard Davison, Gareth Hughes, Charlotte Dujardin e Charlotte Fry, que terminaram pouco mais de um ponto porcentual atrás, na posição de medalha de prata, enquanto os atuais campeões da Alemanha tiveram que se contentar com o bronze. Lembrando que foi a Holanda que saiu na frente após o primeiro dia de competições, quando Dinja van Liere e Hermes obtiveram a maior pontuação do sábado (06/08): 78,835%.

>>> Confira a ordem de entrada – GPS – 08/08

>>> Resultados finais do GP: individual equipe

À medida que os dois últimos cavaleiros de cada uma das nações em forte disputa se revezavam, era impossível prever quem levaria as medalhas, principalmente, depois que Charlotte Dujardin e Imhotep, de nove anos, fizeram 77,407% e sua companheira de equipe Charlotte Fry aumentou a diferença ao pontuar 80,839% com Glamourdale.

Dujardin ficou emocionada com o cavalo que ela chama de Pete. “Ele só fez três competições de GP; é muito inexperiente e eu não tinha ideia de como ele estaria lá. Eu fiquei tão orgulhosa dele, tivemos um pequeno pontinho, mas foi apenas uma falha de comunicação mais do que tudo. Eu absolutamente amo aquele cavalo. Ele me faz sorrir de orelha a orelha todos os dias! Ele tem tanto poder, tanta expressão, ele quer trabalhar e agradar você. Agora ele só precisa se acostumar com o ambiente e ter um tempo”, disse ela à FEI.

Ela monta Imhotep desde que ele tinha cinco anos. “Não fiz grandes concursos com ele, mas o conheço bem e tenho uma parceria muito boa com ele”, explicou. Ela está tomando cuidado para não pedir muito dele muito cedo em sua carreira, no entanto.

“É uma linha tênue, porque ele tem nove anos e não quero exagerar, mas queria fazer o suficiente para conseguir pontos suficientes para o time hoje. Eu não queria assustá-lo e senti que tive uma prova muito boa, mas não posso dizer o quão grande tudo parece. Em um ano ou dois, quando ele conseguir administrar todo esse poder, ele será espetacular!”, ressaltou.

No entanto, foi o desempenho de Fry que selou firmemente o lugar da Grã-Bretanha no pódio. Como a FEI colocou, “a expressão angelical deste atleta de adestramento de 26 anos mascara seus nervos de aço”. Mas ela não se conteve quando tratou de dar tudo de si e Glamourdale aproveitou cada momento, deixando a multidão ofegante enquanto ele acumulou no máximo 10 pontos em grande parte de seu galope.

“Ele é um grande showman!”, disse Fry à FEI. “Ele e eu estávamos em nossa própria pequena bolha, mas, quando a multidão aplaudiu na última linha central, ele adorou, levantou a cabeça e disse Uau!!”, contou.

Quando uma das atrações mais esperadas começou, Cathrine Laudrup-Dufour e Vamos Amigos sabiam o que tinha que fazer. Ela tinha ouvido a multidão saudando o desempenho espetacular de Fry, mas não se deixou intimidar. Ela disse à FEI que a pressão apenas lhe dá um impulso.

Dufour e Vamos Amigos confirmando o favoritismo

“Estou lidando com isso desde que fiz meu primeiro campeonato aos 11 anos e estou bem com isso, só me aproxima da zona!”, disse ela à FEI, após fazer a maior pontuação da competição. Seus 81,863% deixou a Dinamarca no degrau mais alto do pódio, mas apenas 1,228 ponto porcentual à frente dos britânicos na medalha de prata, enquanto Isabell Werth com DSP Qantaz e Frederic Wandres com Duke of Britain FRH garantiram o bronze para a Alemanha, na contagem final de 230,791%, deixando-os menos de três pontos percentuais à deriva.

A única vez que a Dinamarca chegou ao pódio do Campeonato Mundial de Adestramento foi em 1982, em Lausanne (Suíça), quando Anne Grethe Jensen (Marzog), Tove jorck-Jorckston (Lazuly e Finn Sakso-Larsen (Coq d’Or) conquistaram o bronze.

Das 19 nações concorrentes, a equipe Suécia terminou em quarto, à frente da Holanda, em quinto, e a equipe dos EUA em sexto. Essas seis nações já estão classificadas para os Jogos Olímpicos de Paris 2024.

A Alemanha detinha o título, após ter vencido em Tryon 2018. Com 41 medalhas, sendo 26 individuais e 15 por equipe, a Alemanha é o país que mais acumulou títulos em Mundiais. Em segundo, vem a Holanda com 14 medalhas (sete individuais e sete por equipes), a Suíça com dez (quatro individuais e seis por equipes), o Reino Unido com oito (cinco individuais e três por equipes) e, em quinto, a Rússia com sete medalhas no total, sendo duas individuais e cinco por equipes.

O Brasil, em princípio, iria competir com time, mas com a retirada de Famous do Vouga, por problema de saúde, o País passou a contar apenas com dois conjuntos: Nuno Almeida com Feel Good VO e João Victor Oliva com Escorial Horsecampline.

Texto com informações da FEI

Fotos: divulgação FEI / Leanjo de Koster

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.