Assembleia da FEI aprova MER de 67% para Paris 2024; falta passar pelo COI

A Assembleia Geral da FEI em Cape Town aprovou as propostas para os regulamentos olímpicos, o que, no caso do adestramento inclui subir o porcentual do MER de 66% para 67%. O Japão se manifestou contra a mudança. Conforme a Federação Equestre Internacional explicou a este noticiário, para entrar em vigor falta ainda o Comitê Olímpico Internacional (COI) aprovar. O Comitê de Adestramento também sugeriu acabar com GPS com música, aumentar para dez o número de times no GPS, entre outras resoluções. 

Você gosta do Adestramento Brasil?

Para este site jornalístico — que traz as principais notícias da modalidade — seguir existindo, ele precisa de financiamento. Afinal, dá um trabalhão manter todos atualizados!

Contribua para a continuidade do site: seja um anunciante ou contribua no valor que quiser via PayPal (cartão de crédito) ou Pix (contato@adestramentobrasil.com).

Propostas que descrevem modificações no Regulamento Olímpico de Paris 2024 para a modalidade de adestramento foram discutidas durante o FEI Sports Forum, nos dias 25 e 26 de abril em Lausanne, na Suíça, em 2022. Entre as sugestões apresentadas aos delegados foi passar de 66% para 67% o porcentual para obtenção dos requerimentos mínimos de elegibilidade (MERs, na sigla para minimum eligibility requirements).

Com relação ao MER, o Japão foi o único, durante as discussões sobre as propostas, a se manifestar contra o aumento do porcentual. O país asiático argumentou que os Jogos Olímpicos não são apenas para mostrar o melhor desempenho esportivo e que não aumentar o porcentual mínimo para o MER pode ser relevante para um atleta de um país onde a disciplina vem melhorando. Disse ainda que essa participação pode promover o adestramento no próprio país e vai premiar uma vida inteira dedicada ao nosso esporte.

Contudo, a sugestão não foi acatada. O Comitê de Adestramento justificou que o aumento de um ponto porcentual é correto em relação ao alto nível atual em competição dos conjuntos.

Respondendo ao Adestramento Brasil, a FEI afirmou que “os regulamentos dos Jogos Olímpicos foram, de fato, aprovados durante a última Assembleia Geral da FEI na África do Sul. Mas este é apenas um primeiro passo, já que o COI ainda precisa aprová-los também, então, não podemos confirmar no momento se eles serão aprovados para Paris 2024 até que o COI nos comunique sua decisão final”.

Leia também:

Outras propostas para o regulamento de Paris 2024 incluem a apresentação dos cavalos na inspeção veterinária segundo uma ordem de entrada e não mais por ordem alfabética ou das nações; o aumento de oito para dez o número de times competindo no grande prêmio especial (GPS) nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 e a exclusão do grande prêmio especial com música.

Sobre o GPS com música, o comitê de adestramento reconheceu que a iniciativa tinha objetivo tornar o esporte mais atrativo, mas “isso não foi muito bem-sucedido nem no adestramento e nem no paraequestre, com muitos atletas não levando suas próprias música (muito caro/complicado) e outros até optando por usar algum provedor de música em vez de escolher a sua própria música. Os juízes mencionaram que as diferenças de qualidade e volume
poderiam ser uma distração, quando a música era para ser apenas música de fundo”.

Também foram propostas emendas ao regulamento para formulação da ordem de entrada e divisão nos grupos, no caso de menos de 60 conjuntos estarem aptos a competir no grande prêmio. Com a divisão do ranking mundial entre listas para atletas humanos e cavalos, foi proposto que a ordem de entrada para o GP leve em conta apenas as colocações dos atletas e não dos cavalos

Confira outras propostas no documento aqui.

Assista à assembleia geral ordinária, realizada em 13 de novembro na África do Sul:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.