Conheça os países que já têm vaga por equipe para Lima 2019

Das dez vagas por equipes que disputarão os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, oito já têm dono. Restam apenas as duas vagas para a América do Norte, que serão definidas conforme classificação no Ranking de Adestramento da FEI encerrado em 1º de abril. No entanto, como México já conquistou seu lugar no campeonato, restam apenas Estados Unidos e Canadá. 

Pelas regras da Federação Equestre Internacional (FEI), os países qualificados para disputar por equipes para o Pan são: Peru (anfitrião); México, República Dominicana, Guatemala e Colômbia pelas vagas da América Central e Caribe no CAC Games, realizado em Barranquila em julho de 2018; Brasil, Argentina e Chile pelas vagas da América do Sul conquistada no CDI 1* da Argentina em novembro.

Das vagas individuais, estão classificados dois conjuntos do Uruguai, um de Barbados, dois da Costa Rica e um da Venezuela. Duas vagas, uma para América do Sul e outra para América do Norte, estão abertas.

No total, participam dez times, com até quatro conjuntos cada, e mais oito conjuntos competindo somente no individual, totalizando 48 conjuntos.  Caso não tenha time, o Peru poderá entrar com um ou dois competidores individuais. A cota remanescente será revertida para o atleta mais bem colocado no ranking mundial de adestramento da FEI.

Para poder competir no Pan-Americano, os conjuntos de small tour precisam ter atingido, a partir de 1º de janeiro de 2018, duas notas finais (panel score) de, no mínimo, 62% em, pelo menos, duas competições diferentes, que podem ser CDIs ou jogos regionais, como os Jogos da América Central e Caribe (CAC Games) e o Odesur, cuja competição de adestramento mudou para CDI 1* de novembro em Buenos Aires. A FEI não especificou em qual prova de small tour a nota deve ser obtida. Espera-se que isto seja esclarecido o mais breve possível.

Já os conjuntos de big tour precisam ter atingido, a partir de 1º de janeiro de 2018, nota final mínima (panel score) de 58% em prova de grande prêmio em CDI 2* ou mais forte. Em ambos os casos, a FEI exige que o quadro de júri dos CDIs tenha dois juízes internacionais de nacionalidades diferentes do atleta.

Os times para Jogos Pan-Americanos são mistos, com conjuntos de small e big tour. Para Lima 2019, a FEI aponta que cada país pode levar equipe de quatro pessoas obedecendo as seguintes combinações:

  • 4 conjuntos de small tour (neste caso, o País não está apto a brigar por vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020)
  • 2 conjuntos de small tour e 2 de big tour
  • 3 conjuntos de small tour e 1 de big tour

No caso de a equipe ser composta por três conjuntos, a combinação pode ser:

  • 3 conjuntos de small tour
  • 2 conjuntos de small tour e 1 de big tour
  • 1 conjunto de small tour e 2 de big tour

Lima_2019-timetable

WhatsAppNo último Pan-Americano, em Toronto (Canadá) em 2015, o Brasil foi bronze por equipes. João Victor Oliva (Xamã dos Pinhais), João Paulo dos Santos (Veleiro do Top), Sarah Waddell (Donelly 3) e Leandro da Silva (Di Caprio) levaram a medalha para casa.  Os Estados Unidos foram ouro por equipe e o Canadá, prata.

No Pan de 2011, em Guadalajara, o Brasil conquistou a quinta colocação por equipes. O adestramento brasileiro tem cinco medalhas em Jogos Pan-Americanos, todas de bronze, sendo quatro por equipe: no México 1975, em Caracas 1983, no Rio 2007 e em Toronto 2015; além de uma individual: em Caracas 83, com Orlando Facada.

>>> Confira hotsite da FEI sobre Lima 2019

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.