CBH busca conjuntos com mais de 68% para equipe do Pan

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) busca índices acima de 69% para os conjuntos de small tour (provas são jorge e intermediaria 1) e de 68% ou mais para big tour (grande prêmio) para selecionar os integrantes da equipe que representará o Brasil nos Jogos Pan-Americanos, que ocorrem de 26 de julho a 11 de agosto em Lima, no Peru.

patrocine_cdis_cans

A CBH divulgou as regras para o processo observatório visando à formação da equipe que representará o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 — confira a íntegra do comunicado aqui. Conforme já antecipado por este site, a confederação observará os quatro CDI2* a serem realizados no primeiro semestre em São Paulo. Por terem obtido o melhor resultado no CDI1* da Argentina, quando o Brasil conquistou a vaga para o Pan, João Paulo dos Santos e Carthago Comando SN estão confirmados no Time Brasil.

Os cavaleiros competindo fora do Brasil devem apresentar para a CBH, até 8 de março, a programação de provas (em CDI2* ou mais) em que pretendem competir para obter autorização para que esses eventos sejam considerados. Os candidatos também devem enviar vídeo, resultado oficial e sumulas detalhadas até sete dias após a prova.

A CBH vai observar provas FEI julgadas com juízes 3*, 4* ou 5* nas provas São Jorge e intermediária 1, em small tour, e grande prêmio, em big tour. Como o GP é a prova de mais alto nível permitida em um CDI2*, a CBH aconselha que os conjuntos participem das provas nacionais de grande prêmio especial. Junto com os CDIs serão realizados concursos nacionais de adestramento (CANs).

Os selecionados serão anunciados até 25 de junho, que é a data limite da FEI para obtenção de índice mínimo para participar do Pan. Para poder competir no Pan-Americano, os conjuntos de small tour precisam ter atingido, a partir de 1º de janeiro de 2018, duas notas finais (panel score) de, no mínimo, 62% em, pelo menos, duas competições diferentes, que podem ser CDIs ou jogos regionais, como os Jogos da América Central e Caribe (CAC Games) e o Odesur, cuja competição de adestramento mudou para CDI 1* de novembro em Buenos Aires. A FEI não especificou em qual prova de small tour a nota deve ser obtida. Espera-se que isto seja esclarecido o mais breve possível.

Já os conjuntos de big tour precisam ter atingido, a partir de 1º de janeiro de 2018, nota final mínima (panel score) de 58% em prova de grande prêmio em CDI 2* ou mais forte. Em ambos os casos, a FEI exige que o quadro de júri dos CDIs tenha dois juízes internacionais de nacionalidades diferentes do atleta.

Das dez vagas por equipes que disputarão os Jogos de Lima 2019, oito já têm dono. Restam apenas as duas vagas para a América do Norte, que serão definidas conforme classificação no Ranking de Adestramento da FEI encerrado em 1º de abril.

9 respostas para ‘CBH busca conjuntos com mais de 68% para equipe do Pan’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.