Sérgio Oliva fecha sua participação em Tóquio com 69,643%

O cavaleiro paralímpico Sérgio Oliva encerrou sua participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio após pontuar 69,643% na reprise individual grau 1 com a nova montaria Milenium. Esta foi a quarta paralimpíada consecutiva de Oliva, que é dono de duas medalhas de bronze nos Jogos do Rio 2016. O conjunto terminou em décimo lugar e não foi classificado para a prova em estilo livre. O grau 1 teve 18 concorrentes e foi vencido por Roxanne Trunnell, dos Estados Unidos.

Apoie_AB

Informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores e anunciantes do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.Clique e seja um apoiador via Paypal. Você que escolhe o valor! Você também pode contribuir anunciando ou fazendo Pix (contato@adestramentobrasil.com)

Em seu Instagram, Oliva disse que para ele o resultado foi bom diante de tudo que ele passou nesse ciclo olímpico e agradeceu a família, amigos e todos que por ele torceram.

Sergio Oliva pratica adestramento paraequestre há cerca de dez anos e coleciona vitórias. Em 2007, foi campeão mundial em Hartpury, na Inglaterra; participou dos Jogos Mundiais no Kentucky, nos Estados Unidos, em 2010; e em Caen, na França, em 2014, além de várias outras competições internacionais em que representou o Brasil. Recebeu, também, o prêmio de melhor atleta paralímpico brasileiro na modalidade de hipismo no ano de 2014.

Formado em Direito, com pós-graduação em Direito Público, Sérgio tem 38 anos e trabalha no TJDFT desde 2003. Atualmente, está lotado no Núcleo de Gestão de Aquisições e Contratos de Tecnologia da Informação – NUACTI.

Ao ganhar o grau 1, Roxanne Trunnell se tornou a primeira medalhista de ouro dos EUA em ambos Jogos Olímpicos e Paralímpicos na modalidade de adestramento. Montando Dolton, ela obteve impressionantes 81,464% para conquistar seu primeiro título paraolímpico. Rihards Snikus levou a prata com 80,179% montando King of the Dance, enquanto Sara Morganti, a atual campeã dos Jogos Equestres Mundiais da FEI, levou o bronze montando Royal Delight com 76,964%.

ASSISTA ÀS PROVAS:

RESULTADOS:

Entenda a competição do paradressage
O adestramento paraequestre é igual ao adestramento regular. A única diferença é que os cavaleiros e amazonas têm lesões físicas e passam por avaliações para serem classificados segundo o grau das deficiências. Assim explicou, em uma entrevista em 2017, Gabriele Brigitte Walter, classificadora oficial da Federação Equestre Internacional (FEI), ao Adestramento Brasil, o funcionamento da modalidade que, ao longo dos anos, conferiu ao Brasil várias medalhas paralímpicas e de outras competições.

Nas provas paraequestres, os atletas são divididos em cinco classes — grau 1, 2, 3, 4 e 5 —, de acordo com os tipos de deficiência. A avaliação para identificar a qual grupo cada pessoa pertence é feita por um profissional habilitado e oficial da Federação Equestre Internacional. No Brasil, cabe à Gabriele Walter, da Fundação Rancho GG, esta tarefa. Leia matéria completa aqui.

HORÁRIOS

Quarta, 25/08

9:00 – Primeira inspeção veterinária (Brasil: 24/8, às 21 h)

Quinta, 26/08Assista às provas

16:00 (Brasil 4:00) – Dressage Individual Test – grau 2  

17:51 (Brasil 5:51) – Dressage Individual Test – grau 4

20:31 (Brasil 8:31) – Dressage Individual Test – grau 5

Sexta, 27/08Assista às provas

16:00 (Brasil 4:00) – Dressage Individual Test – grau 1  

19:14 (Brasil 7:14) – Dressage Individual Test – grau 3

Sábado, 28/08Assista às provas

17:00 (Brasil 5:00) – Dressage Team Test to Music – grau 2  

18:14 (Brasil 6:14) – Dressage Team Test to Music – grau 1  

19:54 (Brasil 7:54) – Dressage Team Test to Music – grau 3  

Domingo, 29/08

18:00 (Brasil 6:00) – Dressage Team Test to Music – grau 5  

19:32 (Brasil 7:32) – Dressage Team Test to Music – grau 4  

Segunda, 30/08

9:00 – Segunda inspeção veterinária (Brasil: 29/8, às 21h) 

16:00 (Brasil 4:00) – Dressage Individual Freestyle Test – grau 4

17:14 (Brasil 7:14) – Dressage Individual Freestyle Test – grau 5

18:33 (Brasil 6:33) – Dressage Individual Freestyle Test – grau 3

19:47 (Brasil 7:47) – Dressage Individual Freestyle Test – grau 2

21:01 (Brasil 9:01) – Dressage Individual Freestyle Test – grau 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.