Novas reprises nacionais passam a valer no segundo semestre

Conforme antecipado por Adestramento Brasil, as reprises usadas para as provas nacionais serão alteradas, seguindo a mudança que já ocorreu nos Estados Unidos. Os novos testes passarão a valer para as provas do segundo semestre deste ano. 

O Brasil, assim como diversos países do continente americano, usa os testes emitidos pela Federação Equestre dos Estados Unidos (USEF). No ano passado, a USEF e a Federação de Adestramento dos EUA (USDF)  divulgaram as versões válidas para o período de 2019 a 2022.

A diretora de adestramento da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), Sandra Smith, explicou que as novas reprises já foram adquiridas e elas se encontram em fase de tradução e diagramação. “Mas nós só vamos colocar as novas reprises no ar em 1º de julho, assim, dá tempo de os cavaleiros treinarem durante o mês de férias”, explicou.

Na fase de transição, é muito importante que os atletas observem quais são os testes pedidos no programa (edição 2015, por exemplo). Quem tiver curiosidade de como são as novas reprises pode acessar o site da Federação de Adestramento dos EUA (USDF).

A cada quatro anos, os Estados Unidos alteram os testes de iniciante (introductory), elementar (training), preliminar (first level), média 1 (second level), média 2 (third level) e forte 1 (fourth level). A partir da série forte 2 são usadas as reprises da Federação Equestre Internacional.

>>> Confira as novas reprises dos Estados Unidos

Uma resposta para “Novas reprises nacionais passam a valer no segundo semestre”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.