Giovana Pass diz à TV que disputará vaga para Tóquio

A amazona Giovana Pass, que defendeu o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, afirmou, durante o programa Maratona Tóquio 2020, da Band Sports, que pretende disputar provas na Europa para tentar ocupar a vaga individual. Seu principal cavalo, o Eleito Plus, encontra-se na Espanha com seu treinador Claudio Castilla.


Apoie_AB_PayPalSe você acompanha a nossa cobertura, sabe que informação bem apurada, confiável e relevante faz toda a diferença. Enquanto agradecemos a todos apoiadores do site, reforçamos que precisamos da colaboração de pessoas como você para seguir com a produção editorial.
Clique aqui e seja um apoiador. Você que escolhe o valor!


O programa passou ao vivo na última quinta-feira (06/02) e reuniu, além de Pass, o cavaleiro e técnico André Sousa e o cavaleiro Cláudio Durante Junior, representando o Concurso Completo de Equitação (CCE), que agora passou a se chamar Hipismo Completo.

Ela explicou que Eleito é um cavalo novo que ainda não fez a prova de grande prêmio (GP). “Vamos estrear ele neste ano, o que não é o ideal. O ideal era que ele já tivesse rodando nas provas de GP. Pode sair muito bem ou muito mal, vamos ver como nos saímos agora nas provas que farei na Europa”, explicou. Pass disse que tentará entrar em dois ou três CDIs.

No programa, ela também comentou sobre a perda da vaga por equipe e os conjuntos na disputa pelo individual. “Está todo mundo jogando de igual para igual. Ele [falando do João Victor Oliva, que havia sido mencionado pelo apresentador Álvaro José] está com cavalo novo, eu também estou com cavalo novo. Acho que têm cinco ou seis conjuntos que agora começam a brigar de igual para igual”, disse.

Em 2019, a amazona competiu em small tour em dois concursos de adestramento internacionais (CDIs) na Espanha. O garanhão Eleito Plus foi adquirido em meados de 2017 e, desde então, permaneceu na Europa. Em princípio, ficou com Paulo Caetano depois passou para o treinamento de Claudio Castilla Ruiz.

Assista ao programa:

Parte 1

Parte 2

Seleção para vaga
O Brasil perdeu a vaga por equipe para disputar a modalidade adestramento na próxima olimpíada por não ter apresentado o certificado de capacidade (“NOC Certificate of Capability” ou COC), que exige que, pelo menos, três conjuntos diferentes tenham atingido os MERs até 31 de dezembro. Para disputar os Jogos, todos os conjuntos, competindo por equipe e individualmente,  precisam alcançar os índices no período entre 1º de janeiro de 2019 a 1º de junho de 2020.

A CBH divulgou no fim de janeiro os critérios para a seleção do conjunto que disputará a vaga individual que o Brasil tem direito após perder a vaga por equipe. De acordo com o comunicado (confira a íntegra), para a escolha do individual serão considerados os resultados das provas de grande prêmio (GP) aprovadas pela Federação Equestre Internacional para a conquista de índice olímpico (MER) no período de 1º de janeiro a 1º de junho de 2020.

A CBH vai considerar a média dos dois melhores resultados em provas de GP dos eventos aprovados pela FEI para a obtenção dos índices até 1º de junho de 2020. Os conjuntos que competiram na Europa em pelo menos dois eventos no segundo semestre de 2019, buscando a classificação da equipe, terão um bônus de 1,5% adicionados à média.

Criterios_individual

Adestramento Brasil enviou por e-mail, em 31/01/ à CBH questionamentos acerca do comunicado da seleção individual. Foi perguntado como será a bonificação, uma vez que é necessário entender se à média será adicionada 1,5 ponto porcentual (pp) ou se somará 1,5%. Matematicamente, a soma é diferente quando se trata de ponto porcentual e de soma de duas porcentagens. Este vídeo mostra a diferença do cálculo. 

Também foi questionado se os resultados obtidos em 2019 serão descartados, uma vez que o item dois do comunicado estipula o período entre 1 de janeiro e 1 de junho de 2020 e logo abaixo se contradiz dizendo que os índices obtidos até a presente data e  aprovados pela FEI serão considerados.

Apesar dos esforços para obter a informação o mais acurada possível para os leitores, a CBH não responde às solicitações de entrevista de Adestramento Brasil desde meados de 2019.

Foto: reprodução  

 

Uma resposta para “Giovana Pass diz à TV que disputará vaga para Tóquio”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.