Três dos quatro cavalos que disputam CDI da Argentina são lusitanos

Dos quatro cavalos que compõem a equipe definida pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) que vai disputar o CDI 1* de Buenos Aires, prova classificatória para os Jogos Pan-Americanos, três são da raça puro sangue lusitano (PSL).  

São eles: Dileto HI de Yara do Amaral Fernandes,  Carthago Comando SN, montado por João Paulo dos Santos, e Al Pacino Comando SN, que será apresentado por Victor Trielli Ávila.

De propriedade de José Brito Eusebio e Nuno Eusebio, Carthago Comando SN, nasceu em agosto de 2006, e é filho de Tulum Comando SN (Famoso III) e Violeta Comando SN.

Al Pacino Comando SN nasceu em setembro de 2004, filho de Pantanal Filhos do Vento (Dragçao II) e Ocaia Comando SN. Hoje, pertence à Clelia Erwenne, do Grupo Castanheiro.

Tanto Al Pacino como Carthago são criação de Simone Nowak Passos.

Dileto HI é criação da Valle Bella Agropecuária (Haras Iannoni) e atualmente pertence à amazona Fernandes. Nasceu em outubro de 2007 e é filho de Solar dos Pinhais (Ninfo) e Salgada (CFC).

O CDI 1* será no Club Hípico Argentino de 21 a 24 de novembro. A prova é crucial para o Brasil, pois, se não ficar entre os três primeiros colocados, o País não poderá competir por equipes no Pan. Cada nação pode competir na Argentina com um time de três ou quatro conjuntos, sendo que apenas os três melhores resultados serão considerados para a pontuação da equipe.

Lusitanos em WEG
Os cavalos PSL foram montaria de oito atletas nos Jogos Equestres Mundiais (WEG), realizados em setembro último. Dos quatro conjuntos do Brasil que competiram, três — Aoleo, Xiripiti e Zingaro — são lusitanos. Somaram-se a eles, as quatro montarias do time português Bariloche, Coroado, Bem-Hur da Broa e Xenofonte D’Atela, além de Alcaide, da Espanha, totalizando oito cavalos PSL em WEG.

Durante os jogos, o puro sangue lusitano Alcaide passou para a prova GP estilo livre, que acabou não ocorrendo em decorrência do furacão que atingiu a área dos Jogos. Montado pelo espanhol Claudio Castilla Ruiz, o garanhão de 13 anos fez 74,103% no GP especial e 72,686% na prova de grande prêmio.

Além dele, destaque para Coroado, montando pela amazona de Portugal Maria Caetano, teve nota de 71,165% no grande prêmio e pontuou 71,018% no GP especial.


LOGO_ABPSL


canal de notícias 
Isto é Lusitano é produzido por Adestramento Brasil e tem o patrocínio Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Puro Sangre Lusitano

 

Anúncios

2 respostas para ‘Três dos quatro cavalos que disputam CDI da Argentina são lusitanos’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.