Brasil estreia com vitória na seletiva do Pan-Americano

O Brasil estreou com vitória no CDI* de Buenos Aires, prova classificatória para os Jogos Pan-Americanos. João Paulo dos Santos com Carthago Comando SN (foto) ganhou a prova Prêmio São Jorge com 70,441% e, somados os resultados da equipe, com um descarte, o País está em primeiro, seguido do Chile, Argentina e Uruguai, respectivamente.

O time do Brasil é formado por Yara do Amaral Fernandes com Dileto HI, Mauro Pereira da Silva com Don Enrico AMM, João Paulo dos Santos com Carthago Comando SN  e Victor Trielli Ávila montando Al Pacino Comando SN.

Mauro Junior com Don Enrico fez 68,618% e ficou na terceira posição, atrás da argentina Vera Protzen com WettkoniG (69,647%). Em quarto, Victor Ávila e Al Pacino tiveram nota final de 66,706%. Yara Fernandez ficou na sexta colocação com Dileto, com 66,059%.

Santos e Carthago foram os únicos conjuntos a pontuar acima dos 70%. A prova tem 18 concorrentes representando quatro países: Brasil, Argentina, Chile e Uruguai. Os juízes foram: Cesar Lopardo Grana, Lee Tubman, Jane Weatherwax, Claudia Mesquita e Max Piraino Lyon.

O CDI* segue até dia 24 de novembro no Club Hípico Argentino de 21 a 24 de novembro. A prova é crucial para o Brasil, pois, se não ficar entre os três primeiros colocados, o País não poderá competir por equipes no Pan. Cada nação pode competir na Argentina com um time de três ou quatro conjuntos, sendo que apenas os três melhores resultados serão considerados para a pontuação da equipe.

>>> Resultados individuais e por equipe

>>> Confira a ordem de entrada de quinta-feira 22/11

>>> Programa atualizado 

time_Brasil_Argentina_cavalos-2211

As provas tiveram início nesta quinta-feira (22/11) com os conjuntos tendo de executar a prêmio São Jorge, que contará como primeira nota por equipe. Na sexta (23/11), os competidores concorrem na intermediária 1, que conta como segunda nota para equipe.  Apenas os 15 melhores conjuntos na inter 1 (com o máximo de três conjuntos por país) competem na intermediária freestyle no sábado, dia 24/11.

A classificação geral por país será determinada pela somatória dos resultados dos três melhores conjuntos na PSJ e na inter 1. O resultado final será divulgado nesta sexta-feira, 23/11 e define quais são os três países que garantem vaga nos Jogos Pan-Americanos 2019. Acompanhe como ficou:

1º – Brasil – 68,529%

João Paulo dos Santos/Carthago Comando SN – 70,441%
Mauro Pereira da Silva Junior/Don Enrico AMM – 68,618%
Victor Trielli Ávila/Al Pacino Comando SN – 66,706%
Yara do Amaral Fernandes/Dileto HI – 66,059% (descarte)

2º – Chile – 64,647%

Bárbara Weber/Jardinero CXI – 65,353%
Maurício Gonzales/Heroe XXV – 65,265%
Carlos Fernandez/Destinado LXVII – 63,324%
Julio Fonseca/Sarco HT – 62,059% (descarte)

3º – Argentina – 64,098%

Vera Protzen/Wettkonig – 69,647%
Luis Zone/Faberge DÁtela – 61,324%
Cecília Busch/Airbone Z – 61,324%
Jacqueline Posse/Deep Purple – 59,853% (descarte)

4º – Uruguai – 60,804%
Agustina Bravo/SVR Rafaga – 62,971%
José Ramon Beca Borrego/Zaire – 60,588%
Juan Machado/SVR Volcan – 58,853
Obs: o Uruguai não teve descarte

Classificação individual – 18 conjuntos

1º João Paulo dos Santos/Carthago Comando SN – 70,441% – Brasil
2º Vera Protzen/Wettkonig – 69,647% – Argentina
3º Mauro Pereira da silva Junior/Don Enrico AMM – 68,618% – Brasil
4º Victor Trielli Ávila/Al Pacino Comando SN – 66,706% – Brasil
5º Yara do Amaral Fernandes/Dileto HI – 66,059% – Brasil
6º Bárbara Weber/Jardinero CXI – 65,353% – Chile
7º Maurício Gonzales/Heroe XXV – 65,265% – Chile
8º Ingrid Berger/Floppy Disk – 65,000% – Argentina
9º Carlos Fernandez/Destinado LXVII – 63,324% – Chile
10º Agustina Bravo/SVR Rafaga – 62,971% – Uruguai
11º Julio Fonseca/Sarco HT – 62,059% – Chile
12ºE Luis Zone/Faberge DÁtela – 61,324% – Argentina
12ºE Cecília Busch/Airbone Z – 61,324% – Argentina
14º José Ramon Beca Borrego/Zaire – 60,588% – Uruguai
15º Angel Lorca Parada/Oliver – 60,029% – Chile
16º Jacqueline Posse/Deep Purple – 59,853% – Argentina
17º Luciana Soto Acebal/Petro Placente – 59,824% – Argentina
18º Juan Machado/SVR Volcan – 58,853% – Uruguai

Leia também:

Vaga para o Time Brasil
O conjunto que obtiver o melhor resultado brasileiro no CDI* de Buenos Aires terá vaga garantida no Time Brasil em Lima 2019. Para ocupar a vaga, o conjunto precisa preencher os demais requisitos da FEI e, claro, o Brasil deve se classificar para Lima 2019. Para o Pan-Americano, o Brasil pode levar até cinco conjuntos.

Para poder competir no Pan-Americano, os conjuntos de small tour devem ter atingido, a partir de 1º de janeiro de 2018, duas notas finais (panel score) de, no mínimo, 62% em, pelo menos, duas competições diferentes, que podem ser CDIs ou jogos regionais, como os Jogos da América Central e Caribe (CAC Games) e o Odesur, cuja competição de adestramento mudou para CDI 1* de novembro em Buenos Aires.

Já os conjuntos de big tour precisam ter atingido, a partir de 1º de janeiro de 2018, nota mínima (panel score) de 58% em prova de grande prêmio em CDI2* ou mais forte. Em ambos os casos, a FEI exige que o quadro de júri dos CDIs tenha dois juízes internacionais de nacionalidades diferentes do atleta.

Foto: Arquivo pessoal / Cedida CBH

Anúncios

2 respostas para ‘Brasil estreia com vitória na seletiva do Pan-Americano’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.