Mais bem-colocado na Argentina garante vaga na equipe brasileira para Lima 2019

O conjunto que obtiver o melhor resultado brasileiro no CDI* de Buenos Aires, que será classificatório para os Jogos Pan-Americanos, terá vaga garantida no Time Brasil em Lima 2019. O CDI* na Argentina será realizado de 21 a 24 de novembro. 

A novidade foi divulgada nesta terça-feira (16/10) pela Confederação Brasileira de Hipismo (CBH). A entidade ressaltou que, para ocupar a vaga, o conjunto precisa preencher os demais requisitos da FEI e, claro, o Brasil precisa se classificar para Lima 2019. Para o Pan-Americano, o Brasil pode levar até cinco conjuntos.

Em 13 de setembro, a CBH divulgou a chamada long list com uma seleção prévia de oito conjuntos. Até agora Yara do Amaral Fernandes com Dileto HI e Mauro Pereira da Silva com Don Enrico AMM estão confirmados na equipe brasileira. Os outros convocados foram João Paulo dos Santos com Carthago, Sarah Waddell com Quixote Boujangles, Luiza Almeida com Baluarte do Vouga, Giovanna Pass com Eleito Plus, Rodolpho Riskalla com Don Henrico e Rodrigo Evangelista com Colosso do Azeredo.

A estreante Fernandes contou ao Adestramento Brasil que representar o País significa o início de uma carreira. “O meu objetivo, ao terminar a faculdade de veterinária neste ano, é ser profissional do esporte, trabalhar cavalos. Isto  é o que amo e o que me dedicarei 100% a partir de agora. Estar na equipe brasileira ao lado de três dos melhores conjuntos que temos aqui no País é de extrema gratidão e aprendizado”, disse.

Mauro Júnior também tem expectativa positiva. “Meu principal objetivo é ajudar a equipe a conquistar uma vaga para os Jogos Pan-Americanos. Esse campeonato pra mim tem um significado muito grande; primeiro por ter conseguido chegar até aqui com o Don Enrico, um cavalo com muita qualidade, mas, ao mesmo tempo, muito difícil e genioso. E segundo porque este CDI para mim é o primeiro degrau, e muito importante, rumo ao meu maior sonho, que é chegar a uma Olimpíada”, disse.

>>> Confira as notas dos conjuntos que disputaram CDIs em small tour de olho em vaga para o time do Brasil. 

Novo Júri

Diferente do anunciado anteriormente, a juíza internacional FEI 5* Janet Foy não está mais escalada para julgar o Concurso Internacional de Adestramento (CDI 1*) de Buenos Aires que servirá como seletiva das vagas por países para os Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019. A peruana Marian Cunningham (FEI 4*) também está fora. O novo júri é composto pela brasileira Claudia Moreira de Mesquita (FEI 4*), o argentino Cesar Lopardo Grana (FEI 4*), o chileno Max Antonio Piraino Lyon (FEI 3*), Jane Weatherwax, dos Estados Unidos, e Lee Tubman, do Canadá. 

A competição ocorre de 21 a 25 de novembro e os países têm até dia 11 de novembro para inscrever os conjuntos. As provas começam dia 22 com a reprise prêmio São Jorge. No dia seguinte, será disputada a intermediária 1 e, no dia 25 de novembro, a intermediária estilo livre. Apenas os 15 melhores conjuntos competem na freestyle.

Sandra Smith, diretora de adestramento da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), foi escalada como comissária assistente junto com Juan Manuel Vargas e Jorge Ismael Zamudio. Jorge Osacar será o comissário-chefe (chief steward) da competição. O custo da inscrição é de USD 1.050 por conjunto, mais USD 30 por dia de estabulagem. A inspeção veterinária será dia 21 de novembro. Confira aqui o programa do CDI 1*.

Anúncios

4 respostas para ‘Mais bem-colocado na Argentina garante vaga na equipe brasileira para Lima 2019’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.