Tag: Marcela Parsons

5 perguntas para Flamarion Pereira da Silva

Eleito representante de atletas na vaga do paraequestre, Flamarion Pereira da Silva compartilhou o que pretende fazer no cargo. “Vou lutar em prol do hipismo, em particular, o paraequestre”, disse ele, que ressaltou a necessidade de ouvir os atletas da modalidade e “levar a sério a opinião da maioria”. Adestramento Brasil está entrevistando os eleitos pelo adestramento e paraequestre. São as mesmas perguntas a todos, enviadas por mensagem e reproduzidas na íntegra. Confira a seguir as respostas de Flamarion Silva.

Continue lendo “5 perguntas para Flamarion Pereira da Silva”

Brasileiro de Paraequestre tem mais estados na disputa; dois são selecionados para Time Brasil

O Campeonato Brasileiro de Adestramento Paraequestre movimentou o Brasília Country Club de 4 a 7 de novembro. Contando todos os cinco graus e os novatos, competiram 21 conjuntos representando três estados — São Paulo, Goiás e Minas Gerais — mais o Distrito Federal. Brasília, aliás, que é tradicional na modalidade, levou os títulos de campeã e vice-campeã por equipe. Para a diretora da CBH para paraequestre, Marcela Parsons, o nível dos atletas melhorou.

Continue lendo “Brasileiro de Paraequestre tem mais estados na disputa; dois são selecionados para Time Brasil”

Marcela Parsons, da CBH, faz balanço de Tóquio, quer ouro no Mundial e revela parceria com ANDE

“O Brasil é, tradicionalmente, uma potência internacional no adestramento paralímpico”, destacou Marcela Parsons, diretora do adestramento paraequestre da Confederação Brasileira de Hipismo, em entrevista em vídeo, transmitida ao vivo pelo YouTube de Adestramento Brasil. No bate-papo, Parsons revelou, em primeira mão, a parceria que a CBH fechou com a ANDE-Brasil para fomentar a modalidade, falou dos planos da entidade para o esporte crescer, fez um balanço da histórica medalha de prata nos Jogos de Tóquio e contou a meta de conseguir uma medalha de ouro nos Jogos Mundiais do ano que vem.

Continue lendo “Marcela Parsons, da CBH, faz balanço de Tóquio, quer ouro no Mundial e revela parceria com ANDE”

Presidente do IPC, Andrew Parsons diz que não há como garantir os Jogos de Tóquio

Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês), afirmou, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, que alimenta um “otimismo não infundado” de que os Jogos de Tóquio possam ocorrer, mas, ao mesmo tempo, sabe que está à mercê de algo que foge do seu controle: a evolução dos níveis de contágio da doença.
Leia mais

Brasil fica fora da disputa por equipes nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Após disputarem CPEDIs na Europa, os brasileiros não conseguiram a vaga por equipe para os Jogos Paralímpicos de Tóquio. Os resultados oficiais ainda serão divulgados pela Federação Equestre Internacional, mas, em sua conta em rede social, a diretora do paraequestre da CBH, Marcela Parsons, lamentou o Brasil não ter conseguido a vaga por equipe e ressaltou os expressivos resultados individuais. “Já estamos com o passaporte carimbado para os Jogos. As expectativas são muito boas e grandes chances de medalhas para o Brasil”, escreveu.
Leia mais