Tag: Pedro Tavares de Almeida

Pedro Almeida: “O aprendizado ao longo do caminho é o mais valioso”

“Minha mãe amarrava a gente com lençol na sela e nos puxava de outro cavalo”, conta Pedro Tavares de Almeida, 24 anos, que, em setembro, representa pela segunda vez o Brasil nos Jogos Equestres Mundiais. A paixão pelos cavalos o acompanha desde sempre. A família de sua mãe, Thereza, criava cavalos e ela praticava hipismo na modalidade salto. Não tardou muito para que seu o pai, Manuel, que, até então, não tinha relação com o animal, começasse a criar lusitanos. De lá para cá, passaram-se 21 anos e todos os quatro filhos do casal envolveram-se no hipismo de forma bem-sucedida. Leia mais

Charlotte Dujardin é 10ª do mundo; João Victor Oliva sobe para 167º

Faltando seis semanas para os Jogos Equestres Mundiais, Charlotte Dujardin, com Mount St John Freestyle, disparou no ranking de adestramento da Federação Equestre Internacional (FEI) saindo da 69ª para 10ª posição de melhor do mundo na contagem que considerou pontos obtidos entre 01/08/2017 e 31/07/2018. A alemã Isabell Werth e a égua Weihegold OLD permanecem em primeiro lugar pelo 22º mês consecutivo. Leia mais

WEG: melhor colocação brasileira por equipes foi 14º em 2010

Com a definição da equipe que representará o País na modalidade adestramento nos Jogos Equestres Mundiais (WEG, na siga em inglês), os conjuntos começam a se preparar. Será que o time deste ano consegue melhorar a classificação do Brasil? O País disputou três vezes WEG: em 2002, 2010 e 2014, tendo obtido sua melhor colocação, um 14º lugar, na edição de 2010, em Lexington (Kentucky/Estados Unidos).

Leia mais

Definidas as equipes que representam o Brasil em WEG

Sem surpresas, a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) revelou, nesta sexta-feira (13/07), os quatro conjuntos que irão representar o Brasil na modalidade adestramento nos Jogos Equestres Mundiais (WEG, na siga em inglês) que começam dia 11 de setembro nos Estados Unidos.

Leia mais

Pedro Tavares de Almeida comenta qualificação para WEG

Depois de disputar dois CDIs em 2017 sem conseguir os porcentuais necessários para torna-se apto a competir nos Jogos Equestres Mundiais, Pedro Tavares de Almeida alcançou o feito neste ano. O cavaleiro com Aoleo conquistou o primeiro índice no CDI 3* de Tatuí, em abril, e o segundo no CDI 3* de 5 a 8 de julho, na Sociedade Hípica Paulista. Leia mais