Com chapas impugnadas, CBH não elege nova presidência

ATUALIZADA – As duas chapas candidatas à presidência da Confederação Brasileira de Hipismo foram impugnadas e não houve eleição para a escolha de qual das duas chapas comandaria a entidade para os cargos de presidente e vice-presidente para o quadriênio 2021-2024. Foram eleitos apenas os membros do conselho de administração.

As chapas concorrendo ao posto são a Hipismo Para Todos, com Francisco José Mari como presidente e João Loyo de Meira Lins para vice-presidente, e CBH Forte e Ativa, com Bárbara Elisabeth Laffranchi como presidente e Fernando Augusto Sperb como vice. A CBH ainda não publicou a ata da AGO e informou que ela será disponibilizada no Portal da Transparência da CBH.

A eleição para o Conselho de Administração foi realizada e foram eleitos quatro representantes de entidades filiadas. São eles: Gustavo de Melo Cuba, Josenilton Oliveira Santos, Cláudio Gastão da Rosa Filho e Gabriel Khoury (este último sendo o mais votado). Também foi eleito Antônio Manoel Lopes Sanches como membro independente.

Ronaldo Bittencourt Filho, presidente da CBH 2017 e 2020, também é presidente do Conselho de Administração, que ainda conta com o presidente da comissão de atletas Jorge Luiz Passamani. Estavam aptas à votação 18 federações filiadas à CBH e sete representantes da Comissão de Atletas CBH. O processo eleitoral foi conduzido por Alexandre Beck Monguilhott, presidente da Comissão Eleitoral da CBH, ao lado de Bichara Abidão Neto e Rodrigo Machado de Moraes, membros da Comissão.

Segundo a CBH, os rumos da eleição para presidência serão definidos em breve, mediante consultoria jurídica.

A revista Horse esteve presente. Em entrevista em vídeo à Horse, Alexandre Beck Monguilhott explicou que a legislação, alterada recentemente, prevê o papel da Comissão Eleitoral no sentido de desvincular a eleição da diretoria. “Tomamos a decisão de inabilitar as duas chapas; desta decisão, as duas recorreram e estamos no prazo para avaliar. Terminando esta avaliação, a gente vai apresentar o resultado para a CBH e aí se lavram a ata e os documentos e se leva a registro. Conforme for o caso, se convoca uma nova assembleia”, disse à publicação, explicando que as chapas têm três dias para apresentar recurso.

Entenda o caso
No último sábado 28/11, a CBH publicou, em seu site, uma nota informando que o processo eleitoral da CBH havia sido judicializado pela chapa CBH Forte e Ativa. Na nota, a CBH colocou: “lamentamos o fato de que tal expediente tenha ocorrido sem esgotamento das vias administrativas e não judiciais, como aliás determina a legislação de regência e nossas normas estatutárias, notadamente em face das atribuições da Comissão Eleitoral e quanto a necessidade de garantia de defesa prévia” (sic).

A entidade informou ainda que os despachos judiciais estavam sendo encaminhados para a Comissão Eleitoral para análise e que providências ao cumprimento. Ainda no sábado, a chapa encabeçada por Laffranchi soltou um esclarecimento (leia aqui) no qual afirma que tomou ciência, com surpresa e perplexidade, da nota oficial da CBH e que lamentava profundamente que tenha sido necessário buscar a tutela do Poder Judiciário, garantia esta do artigo 5º, inciso XXXV da Constituição Federal, para obtenção de informações básicas e indispensáveis ao processo eleitoral que, segundo a chapa, vinham sendo solicitadas desde 22/10, mas que não haviam sido prestadas.

“O simples fato dos atuais dirigentes da CBH, na antevéspera das eleições, terem utilizado o sítio eletrônico da própria entidade para criticar abertamente a Chapa de Oposição, aduzindo falsamente que “filiadas e membros do colégio eleitoral” teriam sido “questionados”, diz muito sobre a condução deste processo eleitoral, configura novo ilícito, ante a nítida tentativa de interferência nos votos do colégio eleitoral”, diz a nota.

No último dia 16/11, a Alexandre Beck Monguilhott, Bichara Abidão Neto e Rodrigo M. Moraes, membros da Comissão Eleitoral da Confederação Brasileira de Hipismo, entenderam que ambas as chapas estavam aptas a participar do pleito bem como os candidatos ao Conselho Administrativo (veja a ata).

De acordo com a coluna de Demétrio Vecchioli, Olhar Olímpico, se a entidade não escolher um novo presidente, a posição pode ficar vaga a partir do dia 31 de dezembro, quando vence o mandato de Ronaldo Bittencourt. “Quando situação semelhante aconteceu na confederação de desportos aquáticos, há quatro anos, a Justiça precisou nomear um interventor”, escreveu.

Cobertura — Adestramento Brasil solicitou à entidade, em 15 de outubro, o credenciamento para acompanhar a eleição da CBH como imprensa, mas obteve confirmação do pedido apenas na última quinta 26/11 às 22:06. Em e-mail, a CBH afirmou que o veículo poderia cobrir a eleição, que ocorre no Rio de Janeiro, e solicitou confirmação de presença até o dia seguinte, sexta 27/11, às 16 horas.

Nessas condições, ficou inviável viabilizar a cobertura, uma vez que a CBH deixou o noticiário sem tempo hábil para se organizar, como, por exemplo, comprar passagem de SP ao Rio e remanejar compromissos. O acompanhamento da imprensa é essencial para que o processo seja claro e transparente.

Concorreram ao cargo de membro do Conselho de Administração da CBH:

I. Josenilton Oliveira Santos – Entidade Filiada
II. Hortêncio Costa Neto – Entidade Filiada
III. Cláudio Gastão da Rosa Filho – Entidade Filiada
IV. Geraldo de Almeida Pereira – Entidade Filiada
V. Gabriel Nicolau Khoury – Entidade Filiada
VI. Gustavo de Melo Cuba – Entidade Filiada
VII. André Danielides Egoroff – Membro Independente
VIII. Antônio Manoel Lopes Sanches – Membro Independente
IX. Constantino Scampini – Membro Independente
X. Nilson da Silva Leite – Membro Independente
XI. Plínio Soares Júnior – Membro Independente

Leia os documentos

Atualizada às 19:22 para acréscimo de informações. 

23 respostas para ‘Com chapas impugnadas, CBH não elege nova presidência’

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.